Pensadores

quinta-feira, setembro 29, 2011

Meu Amigo Policial

Policial, cumula-se de coragem sem temer o perigo. Acompanha-te a bravura, que mesmo sabendo de todos os riscos que corre, permanece audaz, intrépido. Guerreiro valente, guardião da sociedade. Que não mede esforços para proteger o cidadão, ainda que o mesmo não reconheça o trabalho policial. 
Você, Policial, que não pensa duas vezes em arriscar sua vida para proteger a de todos. Você que se despede da sua família todos os dias antes de sair para trabalhar, dando o máximo de si para proteger a família do próximo, na incerteza de que irá voltar. 
Herói absoluto de todos aqueles que acreditam em você, policial incorruptível, amado por poucos, criticado por muitos, respeitado por todos. Honrai a tua farda que com muito suor e lágrimas a conquistou, lutai como se nenhum combate seja tão duro quanto seu treinamento. Ainda que o medo seja constante, Lute! Nunca deixe de lutar. A sociedade precisa de você, a polícia precisa de você. Bravo combatente, em que jamais recua, jamais desiste.
Em quem poderia mais confiar, a não ser em você, meu amigo policial ? Para quem poderia pedir ajuda, nos momentos de necessidades, a não ser para você ?  Alguns dizem que são anjos, outros que são Super-Heróis, talvez sejam, não sei. Mas o que tenho certeza absoluta, é que são Guerreiros, digo-lhes orgulhosamente, sem nenhuma sombra de dúvidas, que você, meu amigo policial, é o melhor amigo de todos.

domingo, agosto 14, 2011

Procure o bem nos outros!

Um dia, quando eu era um calouro na escola, eu vi um garoto de minha sala caminhando para casa depois da aula. Seu nome era Kyle. Parecia que ele estava carregando todos os seus livros. Eu pensei: "Por que alguém iria levar para casa todos os seus livros numa Sexta-Feira? Ele deve mesmo ser um C.D.F". Eu já tinha meu final de semana planejado (festas e um jogo de futebol com meus amigos sábado de tarde), então eu dei de ombros e segui meu caminho. 

Conforme eu ia caminhando, eu vi um grupo de garotos correndo na direção dele. Eles o atropelaram, arrancando todos os seus livros de seus braços e o empurrando, de forma que ele caiu no chão. Seus óculos voaram, e eu os vi aterrissarem na grama alguns metros de onde ele estava. Ele ergueu o rosto e eu vi a terrível tristeza em seus olhos. Meu coração se penalizou por ele. Então eu corri até ele enquanto ele engatinhava, procurando por seus óculos, e eu pude ver uma lágrima em seu olho. 

Enquanto eu lhe entregava os óculos eu disse: "Aqueles caras são uns babacas. Eles realmente deviam arrumar uma vida própria". Ele olhou para mim e disse, "Ei, obrigado!". 


Havia um grande sorriso em sua face. Era um daqueles sorrisos que realmente mostram gratidão. Eu o ajudei a apanhar seus livros, e perguntei onde ele morava. Por coincidência ele morava perto da minha casa, então eu perguntei como nunca o havia visto antes. Ele respondeu que antes ele frequentava uma escola particular. Nós conversamos por todo o caminho de volta para casa, e eu carreguei seus livros. 
Ele se revelou um garoto bem legal. Eu perguntei se ele queria jogar futebol no sábado comigo e meus amigos. Ele disse que sim. Nós ficamos juntos por todo o final de semana e quanto mais eu conhecia Kyle, mais eu gostava dele. E meus amigos pensavam da mesma forma.
Chegou a segunda-feira, e lá estava o Kyle com aquela quantidade imensa de livros outra vez. Eu o parei e disse, "Diabos, rapaz, você vai ficar realmente musculoso carregando uma pilha de livros assim todos os dias!". Ele simplesmente riu e me entregou metade dos livros. 

Pelos próximos quatro anos Kyle e eu nos tornamos melhores amigos. Quando estávamos nos formando começamos a pensar na Faculdade. Kyle decidiu ir para Georgetown, e eu ia para a Duke. Eu sabia que seríamos sempre amigos, que a distância nunca seria um problema. Ele seria médico, e eu ia tentar uma bolsa escolar no time de futebol. 

Kyle era o orador oficial de nossa turma. Eu o provocava o tempo todo sobre ele ser um C.D.F. Ele teve que preparar um discurso de formatura. Eu estava super contente em não ser eu quem deveria subir no palanque e discursar. No dia da Formatura eu vi Kyle. Ele estava ótimo. Ele era um daqueles caras que realmente se encontraram durante a escola. Ele estava mais encorpado e realmente tinha uma boa aparência, mesmo usando óculos. Às vezes eu até ficava com inveja dele. Hoje era um daqueles dias. Eu podia ver o quanto ele estava nervoso sobre o discurso. Então eu dei um tapinha nas costas dele e disse: "Ei, garotão, você vai se sair bem!". Ele olhou para mim, com aquele olhar (aquele olhar de gratidão) e sorriu. "Valeu", ele disse. Quando ele subiu no oratório, ele limpou a garganta e começou o discurso: 

"A Formatura é uma época para agradecermos àqueles que ajudaram você durante estes anos duros. Seus pais, seus professores, seus irmãos, talvez até um treinador... mas principalmente aos seus amigos. Eu estou aqui para lhes dizer que ser um amigo para alguém é o melhor presente que você pode lhes dar. Eu vou lhes contar uma história". 

Eu olhei para o meu amigo sem conseguir acreditar enquanto ele contava a história sobre o primeiro dia em que nos conhecemos. Ele havia planejado se matar naquele final de semana.
Ele contou à todos como ele havia esvaziado seu armário na escola, para que sua mãe não tivesse que fazer isso depois que ele morresse, e estava levando todas as suas coisas para casa. Ele olhou diretamente nos meus olhos e me deu um pequeno sorriso.


"Felizmente eu fui salvo. Meu amigo me salvou de fazer algo inominável". 


Eu observava o nó na garganta em todos na platéia enquanto aquele rapaz popular e bonito contava à todos sobre aquele seu momento de fraqueza. Eu vi sua mãe e seu pai olhando para mim e sorrindo com aquela mesma gratidão. Até aquele momento eu jamais havia me dado conta da profundidade do sorriso que ele me deu naquele dia. 





Nunca subestime o poder de suas ações. Com um pequeno gesto você pode mudar a vida de uma pessoa. Para melhor ou para pior. Nos colocamos nas vidas uns dos outros para que tenhamos um impacto um sobre o outro de alguma forma. Procure o bem nos outros. Amigos são anjos que nos deixam em pé quando nossas asas têm problemas em se lembrar de como voarem. 

segunda-feira, agosto 08, 2011

Até o Limite da Honra

Ninguém, definitivamente ninguém, sabe o quão forte eu sou, a não ser eu mesma. Todos dizem que sou forte, que me admiram pela minha determinação, pela minha coragem, pela minha bravura, mas naquele momento eu me sinto a pessoa mais fraca, mais covarde, mais... medrosa deste mundo. Então começo a perceber, que de nada vale a opinião dessas pessoas, se eu não for a primeira a pensar como elas. Pouco me importa se já tentei uma vez e não alcancei o resultado desejado, na vida não existe uma regra, ou uma lei que determine o número de tentativas que podemos dar para conseguirmos o que de fato queremos. "Muitos já tentaram, mas poucos conseguiram."... E daí ? Quem foi que disse que vivo em perspectiva daquilo que já foi conquistado pelas outras pessoas ? Somente eu sei até onde vai o meu limite, por mais que em vários momentos eu possa me sentir sem forças, no fundo, bem lá no fundo, eu sei que sou mais forte do que imaginam. Mas não preciso provar isso a ninguém. Ninguém lutará por mim, ninguém conquistará os meus objetivos e me entregará de presente. Cabe somente a mim, encarar mais uma batalha com fervor, mesmo que com todas as dificuldades e com o peito arfante, lutar até o fim, com a superação e a honra de dever cumprido. 

quinta-feira, julho 14, 2011

FREEDOM


Este discurso foi pronunciado por William Wallace, herói escocês retratado no filme "Coração Valente", interpretado por Mel Gibson, diante de seu temeroso exército de homens comuns ante ao desafio de enfrentar a tirania imposta pela Coroa Inglesa:


William Wallace: Filhos de Escócia! Eu sou William Wallace.

Comentário de um soldadoWilliam Wallace tem sete pés de altura... 

William Wallace: Sim, ouvi dizer. Mata homens às centenas. E se estivesse aqui, consumiria o exército inglês com bolas de fogo de seus olhos, e relâmpagos do seu arco.
EU SOU William Wallace! E eu vejo um exército inteiro de homens do meu País, aqui, para derrotar a tirania. Vocês vieram lutar como homens livres, e homens livres que vocês são.

Que vocês farão com essa liberdade? Vocês lutarão?

Soldado: Contra isso? (referindo-se ao grandioso exército inglês que marchava contra eles). Não, nós fugiremos, e viveremos.

William Wallace: Sim, lutem e vocês poderão morrer, fujam, e vocês viverão… pelo menos por enquanto. E quando estiverem morrendo em suas camas, muitos anos depois, vocês almejarão negociar todos os dias, de hoje até aquele dia, pela chance, apenas uma chance, de voltar aqui e dizer a nossos inimigos que podem tirar nossas vidas, mas jamais tirarão… Nossa liberdade!



sexta-feira, julho 08, 2011

Prazer e dor...

Não são opostos. São vizinhos separados por uma fração de segundos! Em menos de um minuto as coisas podem sair do seu controle... Como se tentasse escala a mais alta montanha, tentando chegar ao topo do mundo. No jogo da vida, você nunca sabe, luta por anos pela sua glória pessoal, mas tem uma voz na sua cabeça que insiste em perguntar "quem é você?" "Qual o seu melhor?" E quando a batalha começa você cai! Perde para si mesmo. Não e o seu dia... Tentou o seu melhor, mas não era realmente o seu melhor. Então você pode ir para casa com o coração partido, ou levantar a cabeça, ficar mas esperto, mais maduro, bem preparado como nunca esteve antes. Haverá um novo dia, uma nova batalha, um novo você! As suas limitações viraram histórias e a pressão não te limita mais. Você está pronto para levar os melhores golpes da vida, e ainda continuar de pé? Eu não posso responder isso, só você pode! Você quer ser o melhor? Está disposto a encarar qualquer batalha por isso?

"Então você é um desafiante"

Sylvester Stallone

quarta-feira, junho 08, 2011

BOMBEIROS DO RIO


Amados pelo POVO e desprezados pelo Governo do RJ. 
Parabéns aos Bombeiros e todos os funcionários públicos que lutam para manter os alicerces da nossa nação. Pois sem os Senhores , o que seríamos de nós ?




Este abaixo-assinado é o reconhecimento da sociedade brasileira ao trabalho aguerrido dos bombeiros cariocas, mais enfaticamente, os guarda-vidas, que ganham um salário baixíssimo e não têm direito nem a filtro solar, embora sejam uma das corporações mais abnegadas do planeta, inclusive, treinadores de bombeiros que chegam de toda parte do mundo. Nas tragédias das chuvas do Rio de Janeiro, lá estão eles, para vidas salvar. Este abaixo-assinado será encaminhado à presidenta Dilma Rousseff e ao governador Sergio Cabral, pedindo que eles valorizem os Heróis do Rio

terça-feira, junho 07, 2011

Ó Pátria amada, Idolatrada, Salve! Salve!



Brasil, Pátria amada, que tanto adoro, de que cor é tua bandeira afinal?
Por que o verde, se destruíram as matas? Por que o azul estrelado, se vejo o céu esfumaçado? Por que o amarelo, se o ouro nos foi levado? Por que a faixa, simbolizando a paz, se a violência cresce cada vez mais? Pintemos tua bandeira de preto e vermelho Preto da corrupção. Vermelho do sangue de nossa gente derramado em vão. E na faixa reservada à paz, um jargão: Aqui jaz um país que já foi feliz!   
                                                                              
  AUTORA DO POEMA: Ruth Mendes Bastos Mourão 

quinta-feira, abril 28, 2011

Falo o que Penso


Eu sempre acabo dizendo o que as pessoas não gostam de ouvir, mas não me arrependo, pois elas merecem ouvir a verdade. Não sou tão hipócrita a ponto de me calar diante de tais fatos. Não fico com pena de magoar as pessoas, ou de deixá-las constrangidas dizendo as verdades que todos sabem mas que ninguém tem coragem de dizer. E quer saber ? Não me calarei, porque não sou muda, portanto terão me me engolir. Vou fazê-los ensurdecer diante de minha voz.

domingo, abril 24, 2011

Ligações e QRU



14 de abril, quinta-feira 3:27
- Oi amor, tudo bem ?
- Tudo sim amor, e você ? Olha, não posso falar agora, estou no meio de um QRU, depois te...
- Okay querido, conversamos depois. Me liga amanhã. Beijos, se cuida!
- Beijão.

14 de abril, quinta-feira 15:30
- Boa tarde querido, como está ? Pode falar ?
- Poxa, estou cansadão. Chegando em casa agora. Leia o jornal que você vai saber qual foi o QRU que te falei.
- Tudo bem, vou ler. Olha, preciso desligar, minha supervisora entrou na sala. Te ligo mais tarde, te adoro.

15 de abril, sexta-feira 00:15
- Oi amor, como você está ?
- Eu quem deveria estar fazendo essa pergunta, não acha ? Eu li o jornal, sinto muito...
- Pois é, é muito "jegue" quando acontece isso, é "jegue", é "jegue"...

(...)

Morre soldado baleado com tiro de fuzil na Zona Sul de SP, diz PM  

terça-feira, janeiro 11, 2011

Querido John

Pai, quero te contar uma coisa: Lembra alguns anos atrás quando tomei um tiro? Quer saber a primeira coisa que me veio à mente antes de desmaiar? Moedas. De repente, eu tinha 8 anos novamente, e estava na Casa de Moedas dos Estados Unidos. Estou ouvindo um guia explicar como as moedas são feitas: como são cortadas numa chapa de metal, margeadas e chanfradas e como são cunhadas e limpas. E como todas as moedas são examinadas uma a uma, para o caso de ter passado alguma imperfeição. Lembra disso, pai? Nossa viagem para Filadélfia? Foi o que passou pela minha cabeça. Sou uma moeda do Exército Militar Americano, fui cunhado em 1980, fui cortado numa chapa metálica, selado e limpo e minha bordas foram margeadas e chanfreadas. Mas agora tenho dois pequenos buracos em mim, não estou mais em perfeitas condições. E tem mais uma coisa que quero te contar: depois que fui baleado, pouco antes de desmaiar... quer saber a última coisa que passou pela minha cabeça? Eu te amo. Foi a última coisa que pensei. 
   
O que você faria com uma carta que mudasse tudo?