Pensadores

segunda-feira, julho 29, 2013

Saudade...



Como tudo isso machuca, sinto um vazio tão grande. Uma dor tão profunda e insistente. Estou chorando a horas, essa tristeza fugiu do meu controle, preciso arrumar uma maneira de dar a volta por cima, mas como? Se não vejo saída? Se nem ao menos enxergo um motivo para acordar amanhã?
Somente assim, só, é que sou capaz de perceber que, definitivamente, fui destinada a sofrer. Que todo e qualquer momento de felicidade em minha vida é, e sempre será, passageira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário